Procure alguma coisa, mas não garanto que vá achar...

26 de fev de 2014

D&D 1ª Edição: Raças e Novas Classes

Se você já jogou a primeira edição de Dungeons and Dragons deve ter notado que existem certas limitações no quesito classe/raça. Por exemplo, elfos, anões e halflings são tratados como classes, sendo assim ou você é um humano com uma das outras classes(mago, guerreiro, clérigo e ladrão) ou você é um não-humano.
Obviamente não tem problema nenhum com isso, é uma simplificação interessante e mostra uma visão do mundo do jogo diferente, onde outras raças são raras e especiais. Mas, se você quiser mudar isso, eu criei algumas house rules nesse departamento que você pode achar interessantes.
Essas house rules além de separem os conceitos de raça e classe introduzem algumas classes novas.


RAÇAS

Quando você tiver criando seu personagem role os atributos normalmente e depois escolha sua classe(ignore os não-humanos). Feito isso escolha uma das raças abaixo e aplique os modificadores necessários a seus atributos.
Algumas raças concedem vantagem especiais para determinadas classes, fique atento a elas.
As jogadas de proteção da classe sempre serão substituídas pela da raça.
As outras vantagens especiais,citadas no livro, de cada raça também podem ser levadas em consideração

ANÕES
Atributos:
+1 de Força, +2 de constituição, -1 de carisma
Especial:
+1 de ataque para Guerreiros
Não podem ser magos


ELFOS
Atributos:
+1 de inteligência, +2 de destreza, -1 de força
Especial:
Magos podem usar espadas, escudos e armaduras leves(couro e malha)


HALFLINGS
+1 de carisma, +2 de destreza, -1 de constituição, -2 de força
Especial:
Habilidades de Ladrão: se um halfling for um ladrão ele pode usar as habilidades como se tivesse um nível a mais que seu nível atual

CLASSES

As novas classes são variações das presentes nos livros básicos, por isso usam tabelas de experiência e jogadas de proteção das classes básicas. 
Use a classe usada para referência para experiência para as jogadas de ataque.

PALADINO
Um guerreiro santo dedicado a combater o mal e espalhar o bem. Em termos de jogo é a mistura de um guerreiro com um clérigo.
Um paladino pode usar todas as armas e armaduras.

Atributo Principal: Carisma

Dados de Vida: d8(evolução igual ao guerreiro)

Jogadas de Proteção: como guerreiro de nível equivalente

Magia: O Paladino pode conjurar as seguintes magias de clérigo: 
Curar Ferimentos Leves, Detectar o Mal, Benção, Oração, Curar Ferimentos Graves, Dissipar o Mal e Ressurreição.
Um Paladino pode usar magias como um clérigo com um nível a mais que o nível atual do Paladino.

Afastar Mortos-Vivos: A partir do segundo nível um paladino pode afastar mortos-vivos como um clérigo de nível 1, no terceiro nível um paladino pode afastar como um clérigo de nível 2 e assim por diante.

Experiência: Usar a tabela do guerreiro


RANGER
Um ranger é um guerreiro esguio dedicado a proteger e entender a natureza.
Rangeres podem usar apenas armaduras de couro, eles não podem usar escudos, nem armas muito grandes ou pesadas( como alabardas, espadas de duas-mãos e machados de duas-mãos).

Atributo Principal: Destreza

Dado de Vida: d6(evolução como clérigo)

Jogadas de Proteção: como clérigo

Habilidade com Arcos: A partir do nível 2 um ranger recebe um bônus em suas jogadas de ataque usando arco e flecha igual a nível da classe divido por dois, arredondado para baixo.

Rastrear: O ranger pode usar suas habilidades relacionadas a natureza para rastrear inimigos e detectar rastros. Essa habilidade funciona como uma habilidade de ladrão:
Quando o ranger quiser detectar rastros o DM deve jogar um d% e se o resultado for igual ou menor ao valor de pontos para rastrear o ranger conseguiu detectar os rastros e pode segui-los.
Para determinar a evolução dessa habilidade use Ouvir Ruídos da tabela de Habilidades de Ladrão das regras básicas.

Experiência: Usar a tabela do clérigo



E é isso ai pessoal, esperam que tenham gostado e achem essas regras úteis para sua mesa.
Também é importante lembra que elas devem servir para qualquer retro-clone que tenha tenha como base a primeira edição do D&D.





Nenhum comentário:

Postar um comentário