Procure alguma coisa, mas não garanto que vá achar...

7 de fev de 2014

Repost:D&D 1ª Edição

Caros leitores,vou dedicar as sextas feiras a postar materiais antigos do blog que eu acho que merecem voltarem, ou pelo menos serem revisitados.Pra começar nada melhor que minha pequena campanha de D&d 1ª ed.

Caros leitores,este domingo,eu e meu colaborador que não colabora,Igor,o Baixo,jogamos um pouco de D&D Primeira Edição.
Como eramos só nós dois,solucionamos o problema de falta de jogadores da seguinte maneira,ele controlaria três personagens,eu como mestre daria uns pitacos na interpretação dos dois secundários,já que um dos três era o "principal",ou seja,o do Igor de facto.
Enfim,vou narrar as pequenas (des ou a)venturas desse domingo.

Foto borrada da minha "cópia"
da 1ªed, com capa personalizada
Primeira vamos ao grupo:Inicialmente formado por três personagens,um Anão chamado Mitsuo,um mago chamado Akor Manto Negro e um guerreiro chamado Kreshar Van Straskorv,o Destruidor.
Para dar um pouco de background defini o seguinte:o mago estava procurando dois guarda-costas para uma aventura em um tumba local,e os dois foram contratados.
A tumba foi uma pequena masmorra que eu fiz,sem nenhum monstro,só armadilhas.Não,era tipo uma Tomb of Horors,as armadilhas que eu pus eram só as boas velhas setas envenedas,alguns fossos e lâminas,e nada de mais.
Minto!Ouve um monstro sim,uma garra rastejante!

Outra coisa,eu não determinei o conteúdo de nenhuma sala,apenas espalhei armadilhas e fiz uma tabelinha pra determinar o que haveria na sala(um pouco de ouro,prata ou uns itens mágicos).
Tava correndo bem,os personagens estavam avançando,tomando dano,e assim por diante,depois de uns 20 minutos,eles não aguentaram a pressão e se mandaram,na correria o guerreiro,que tinham tomado mais dano,foi atingido pelas armadilhas e morreu,Mitsuo e Akor escaparam.

O saldo no final foi positivo:um anel de telecinese,uma espada+1,uma corda escaladora(que ajudou bastante com os fossos)umas poção de PES e uma cajado de cura,eles voltaram para a vila e decidiram procurar mais aventura.
Como vocês devem ter notado eles conseguiram alguns itens mágicos demais(tinham só nível 1 e a coisa foi muito fácil),eu me arrependi depois,no final da aventura,mas não fui maldoso,só fiz com que eles perdessem algumas coisas achadas depois.

Enfim,eles voltaram para a vila,contrataram dois mercenários e partiram em busca de um bando de homens lagarto que atormentava a região.
Eu dei duas opções pro Igor,entrar no covil deles pela masmorra ou pela caverna.Ele escolheu a caverna.Como eu não tinha um mapa inteiro da caverna,improvisei.
Primeiro foi a viajem,dois dias de caminhada até a caverna.Durante a noite o grupo foi atacado por dois lobos(MALDITOS DADOS E ENCONTROS ALEATÓRIOS!ESPERAVA PELO MENOS 4!@#$%&*!)um deles foi queimado(eu tenho mania de usar cubos gelatinosos e todas essas melecas,então o Igor sempre prepara seus personagens com óleo e tochas)e o outro fugiu.
No dia seguinte eles chegaram a caverna.
Imagem meramente ilustrativa

Na caverna haviam dois caminhos um pela esquerda e outro pela direita.Uni duni te e o escolhido foi você,esquerda!
Na hora eu tive de improvisar,como era o caminho errado e eu não queria passar horas conduzindo uma exploração daquelas cavernas,e nem dizer que era o caminho certo,eu improvisei.
Os personagens foram avançando pelo túnel estreito,que ficava cada vez mais estreito.De repente,eles virão um brilho verde mas resolveram continuar avançando,alguns passos mais pra frente eles acharão uma gosma verde na parede. Mitsuo cutucou a gosma com a vara de 3 metros.E ela grudou na vara,ele sacudiu a vara,a gosma caiu mas a vara ficou brilhando.

Eles continuaram avançando e eu rolava umas porcentagens pra ver se ninguém ficava com gosma presa nas mangas.Depois de um tempo o túnel ficou tão estreito que não tinha como não ter gosma grudada em algum lugar.E quando ela começou a escorrer e tomar conta das roupas e armaduras de todos,eles se desesperam a saíram correndo.
A gosma não vazia nada(porque eu não tive nenhuma idéia que não fosse mortífera demais)só ficava grudando brilhando,mas os mercenários falharam no teste de moral e Mitsuo e Akor decidiram que todos deviam ir se lavar num riacho.

Agora vem a parte interessante,enquanto eles se lavavam no riacho,chegou um troll,que pôs um mercenário a nocaute.Poderia ter sido o fim do grupo,mas mais uma vez os frascos de óleo salvaram o dia,o troll foi encharcado de óleo pelo Mitsuo,o mercenário ainda consciente e Akor,que depois tacou uma tocha no bicho que saiu correndo em chamas,para virar cinzas alguns metros mais pra frente.
Então eles seguiram o caminho certo.Só que antes de atingirem o covil dos homens lagarto,um dos mercenários despencou numa ribanceira.Depois de tirar ele de lá eles prosseguirão.
Agora a cautela foi recompensada.

Mas em vez disso,Akor usou sabiamente sua telecinese,jogando algumas caixas sobre os homens lagarto,que assustados correram por um buraco até a masmorra,que fica embaixo da caverna.E agora,de novo,frasco de óleo no buraco+tocha no buraco=churrasco de homem lagarto.
E eu que pensei que os últimos sobreviventes seriam osso duro de roer,que nada.O maguinho usou sabiamente sua única magia:charm person,num dos homens lagarto,que apagou outros dois.
Eles desceram pelo buraco e deram de cara com outro homem lagarto e adivinhe:
UM MASSACRE?

Não,sucesso critico do anão e cabeça de homem lagarto no chão!@#$% *&¨%$!
Depois disso pilharam o ouro,ficaram ricos e ainda levaram um anel de andar sobre a água,um elmo da telepatia e uma espada +1,além de uma poção de forma gasosa.
Chegando na cidade uma das espadas +1 foi roubada,e o elmo da telepatia vendido.
Assim eles decidiram gastar a grana.Como a vila não tinha nada de interessante,compraram umas mulas e se mandaram para a cidade grande.Lá,o mago foi em busca de pergaminhos e poções,e o anão bebeu um suco de hidra na taverna e caiu duro.

Antes disso eles foram enganados por um mago que lançou Charm Person neles,forçando-os a pagar 5000Po por 10 poções cura,sendo que 4 estavam "podres".
Depois partiram para uma hospedaria,onde o anão ficou frustado,pois não havia nenhuma anã,nem uma mulher baixinha e com barba,e o mago irritado com todos aqueles bêbados barulhentos e raparigas,os mercenários se divertiram gastando a parte deles do tesouro.
E assim acabaram as aventuras desse Domingo Legal!
Quem sabe esse final de semana a saga de Mitsuo e Akor prossiga,com alguns personagens novos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário